Com o passar do tempo, aliado ao vai e vem da moda, a polo se tornou uma das roupas mais versáteis do guarda-roupa masculino, essencial para ocasiões mais casuais, como um encontro ou um jantar.

A camisa polo foi feita para conferir conforto e comodidade em quem à veste. Desta maneira, ela não é o tipo de roupa ideal para ficar colada no corpo, mas também não deve ser usada e maneira muito folgada.


O ideal é que o comprimento da camisa não ultrapasse o meio do zíper e que a linha de costura do ombro da camisa fique exatamente em cima do ombro do homem. Com relação à manga, esta deve estar exatamente no meio do braço, entre o ombro e o cotovelo. Curta demais, a manga deixa o visual pouco atraente, especialmente para quem tem braços muito fortes.

A polo vai muito bem com bermudas. As mais curtas, até a altura do joelho, ou acima dele, com modelagem mais reta, semelhante à da alfaiataria, são as melhores opções. Evite, no entanto, misturar a camisa polo com bermudas mais volumosas, com bolsos e detalhes avantajados, como é o caso das cargo. O contraste pode não ficar legal.